Facebook
Alunos do CEU Heliópolis voltam a experimentar arte em alumínio – Centro Cultural do Alumínio

Nestas férias, as oficinas de colagem e de mobiles envolveram os jovens participantes

Dando apoio às atividades do Programa Recreio nas Férias, da Secretaria Municipal de Educação da Cidade de São Paulo, o Centro Cultural do Alumínio recebeu, nos dias 18 e 19 de julho, duas turmas do Centro Educacional Unificado (CEU) Heliópolis – Profª Arlete Persoli somando 58 participantes de 12 a 15 anos, acompanhados de quatro educadores.

Como na edição anterior, em janeiro de 2018, antes das oficinas os participantes percorreram as instalações do CCAL e puderam aprender sobre bauxita, minério que dá origem ao alumínio, e os processos de transformação até chegar à imensa gama de produtos, formas e aplicações deste metal, culminando em uma de suas características principais que muitos ainda não sabiam: o alumínio é eternamente reciclável.

Atividades diferenciadas

No dia 19, os dois grupos do de jovens participaram da oficina Cola Ai – Colagem Artística, que resultou na criação de pequenos quadros e objetos por meio da prática da colagem com cores, formas e texturas, fotomontagem e volume. No dia seguinte, a proposta do Movendo Linhas|Mobiles seguiu o molde de experimentação lúdica com matérias-primas relacionadas ao Centro Cultural do alumínio. A metodologia aplicada foi a de livre experimentação com fios de alumínio.

Para a Coordenadora Educacional do CEU Helópolis, Débora Orellana, a experiência dos jovens no CCAL foi muito gratificante. “ Nossa comunidade gostou tanto de participar que, estou com uma lista de espera dos que não puderam participar, enquanto os que participaram, querem retornar!”, comentou em e-mail.

 
 
 
 
 
 

O programa Recreio nas Férias, da Secretaria Municipal de Educação da Cidade de São Paulo, proporciona atividades esportivas e culturais a 20 mil crianças e adolescentes durante o período de recesso escolar, e fazem parte ainda do projeto de Manutenção do CCAL – uma realização do Ministério da Cultura (Lei Rouanet de Incentivo à Cultura) e Quattro Projetos e que tem o patrocínio das empresas CBA, Hydro e Novelis.