Facebook
Horizontes que saltam aos olhos – Centro Cultural do Alumínio

Até o dia 14 de dezembro, o CCAL – Centro Cultural do Alumínio abriga a exposição Horizonte Aparente – Um mergulho na sutileza dos planos, com obras de Tatiana Stropp.

Residente em Curitiba, a artista explora a textura e luminosidade do alumínio como suporte para pinturas que, com dobras sutis, adquirem leve tridimensionalidade, potencializando sua elegante atratividade.

Com a presença da artista, a inauguração da exposição contou com um encontro/palestra no dia 08 de novembro, seguida de uma oficina de experimentação de pintura em chapas de alumínio, no dia 09, reforçando a vocação do CCAL por atrair e proporcionar a seus frequentadores o contato direto com a arte em alumínio.

Tatiana relata: “Uma característica que acompanha todo o trabalho, e que me interessa muito explorar, é a questão da luminosidade, tanto das cores como do próprio alumínio… e a dobra veio justamente pra reforçar essa questão da incidência da luz. A dobra, ainda que sutil, potencializa os diferentes ângulos da incidência da luz ambiente, natural ou artificial, na pintura.”

 

 

As atividades e manutenção do Centro Cultural do Alumínio são uma realização do Ministério da Cultura – Lei Rouanet de Incentivo à Cultura – e Quattro Projetos, com o patrocínio das empresas Alcoa, CBA, Hydro e Novelis.