Facebook
Pequenos experimentos gráficos com alumínio – Centro Cultural do Alumínio

De 17 a 28 de fevereiro de 2020, o Centro Cultural do Alumínio expõe “Pequenos experimentos gráficos com alumínio”, mostra de gravuras produzidas a partir das técnicas de ponta seca, cologravura, ácido direto e chine-collé sobre chapas do metal.

As obras em exposição foram criadas durante oficinas abertas realizadas pelo CCAL, com o intuito de apresentar às pessoas algumas das técnicas de gravação e intervenção sobre matrizes de alumínio. As oficinas foram coordenadas pelas artistas e educadoras Helena Freddi, Bruna Kim, Julia Bastos e Kamila Vasques.

A mostra expõe os resultados artísticos de Ana Freitas, André Balsini, Beatriz de Souza, Bruno de Andrade, Cleber Rocha, Cintia Noronha, Eliana Maciel, Karen Kinomoto, Kleverson Mariano e Raíssa de Britto – todos participantes das oficinas.

Para a arte-educadora Bruna Kim, a facilidade de imprimir a ponta-seca sobre o alumínio, faz dele um material muito convidativo para experimentações.  “O alumínio proporciona desenhos mais fluidos; é mais fácil trabalhar com ele, principalmente para quem nunca teve contato com a técnica de gravura em metal”.

“O alumínio é um material ainda recente na gravura, por isso a importância de o espaço oferecer essas oficinas com diversas técnicas, pois o alumínio é um material bastante acessível, principalmente para experimentações artísticas”, comenta Kamila Vasques.

A seguir, veja como ficou a exposição de gravuras sobre chapas de alumínio no CCAL.

 

As atividades e manutenção do Centro Cultural do Alumínio são uma realização do Ministério da Cidadania e Usina Projetos Culturais, com produção de Quattro Projetos e Instituto Cultural Quattro, e patrocínio das empresas Alcoa, CBA, Hydro e Novelis.