Facebook
Técnicas de colagem foi tema de oficina com garotada – Centro Cultural do Alumínio

Lisa ou enrugada, brilhante ou fosca, a folha de alumínio foi a sensação entre os materiais

Colagem é um tipo de arte criada a partir do uso de materiais diversos superpostos ou colocados lado a lado formando uma nova imagem. Os primeiros registros de colagem com papeis diferentes datam de 200 AC, na China. Mas essa técnica também pode ser encontrada, como referência, desde os mosaicos greco-romanos. Nos dias de hoje a colagem está presente nas artes, na publicidade, na arquitetura, no cinema, até na música.

Para mostrar os conceitos e as técnicas da colagem, o CCAL promoveu no dia 25 de abril a oficina “Cola aí”, com alunos da 7ª série da Escola Estadual Reverendo Omar Daibert. “Um dos propósitos dos espaços culturais é oferecer oportunidades de contato com conceitos e práticas das técnicas artísticas, a fim de promover uma maior interação do público com as atividades artísticos-culturais”, explica o arte-educador Fabrício de Petta Barbosa, da Terceira Visionária.

E foi com tesoura em punho e muita criatividade que as duas turmas de 14 crianças, com idade média de 11 anos, exploraram os diversos materiais disponíveis pelo CCAL para suas criações. A folha de alumínio mostrou, nas artes, toda sua versatilidade: foi utilizada tanto do lado fosco como do lado brilhante; colada lisa, enrugada ou ainda com volume, acabou como a grande protagonista nas colagens da garotada.

Ao final, as criações individuais e em grupos foram agrupadas lado a lado, formando um grande painel extrapolando, assim, o próprio conceito e funcionalidade da colagem. A oficina “Cola aí” foi organizada pela Terceira Visionária, parceira do CCAL para atividades culturais com crianças e adolescentes.

 

Incentivo Cultural: A Oficina de colagem integra o projeto de Manutenção do Centro Cultural do Alumínio – uma realização do Ministério da Cultura (Lei Rouanet de Incentivo à Cultura) e Quattro Projetos e que conta com o patrocínio das empresas CBA, Hydro e Novelis.